Português / English

mala voadora

Vitória 283

Vitória 283 é um projecto artístico da mala voadora dirigido a crianças da zona histórica do Porto, implementado em parceria com o Centro Social de Nossa Senhora da Vitória (CSPNSV) e a A3S - Associação para o Empreendedorismo Social e a Sustentabilidade do Terceiro Sector, e co-financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian no âmbito do programa PARTIS - Práticas Artísticas para a Inclusão Social.

Durante dois anos (2014-2015), a mala voadora e as crianças da Freguesia da Vitória propõem-se partir da exploração do percurso urbano entre o Centro Social da Vitória e a mala voadora.porto, na Rua do Almada nº 283, recorrendo a diversas práticas artísticas e ferramentas de observação, com o objectivo de inventar a nossa relação com a cidade do Porto, envolvendo um grupo de 35 crianças num processo artístico de qualidade, estruturado e com carácter educativo e intrinsecamente ligado à cultura, locais e realidade onde vivem. Vitória 283 tem duas âncoras conceptuais: o texto “Pequeno projecto para uma cidade futura”, de Ricardo Piglia e o ciclo temático que orienta o trabalho da mala voadora nos até 2015: a ideia de paraíso/utopia/felicidade.

No texto de Piglia conta-se a história de um fotógrafo que esconde, no seu atelier, uma maquete da cidade de Buenos Aires. O labor obsessivo do fotógrafo na maquete leva-o, leva-nos, a confundir a cidade real com a cidade imaginada. Foi essa negociação entre o real e a ficção que nos interessou convocar para este projecto. A transformação que convidaremos os participantes do projecto a percorrer: da realidade para a sua representação. Da Vitória para o 283.