Português / English

mala voadora

Tele-Culinária - leitura

Fazem-se bolos por muitos motivos, e muitas vezes para festejar.

Também é frequente tirarmos fotografias para registar esses momentos de celebração – fotografias em que aparecem, lado a lado, o bolo e as pessoas que celebram, ou a pessoa que é celebrada. Costuma ter-se cuidado com o sabor do bolo, mas também com a sua aparência. Encontram-se no Google bolos infinitamente variados, e bolos tão cheios de carga ideológica como um que tem a forma do corpo embalsamado de Lenin, destinado a ser fatiado e saboreado.

A protagonista de tele-culinária também idealizou um bolo com um intuito ideológico. Quis que ele fosse confecionado exclusivamente com produtos nacionais. Queria que fosse um bolo mesmo português, feito com Farinha Nacional. E quis também que ele tivesse uma forma equilibrada, estável, tal como a sociedade que ela deseja: equilibrada e estável. Uma sociedade em que todas as pessoas se rejam pelos mesmos valores, comuns, enraizados na tradição e na História. Verdadeiros valores.

E também este bolo se destina a ser fotografado num momento de celebração. Ela quer fotografar-se junto a ele para celebrar um atentado que ela própria preparou. Um manifesto. Uma reivindicação em nome de uma mudança política no país. Em cima do bolo, em creme de pasteleiro, será inscrito o número exato de vítimas, assim fixado com verdade e rigor, sem dar azo às habituais manipulações que os media têm por hábito praticar.

A fotografia deste bolo não chegou a ser tirada mas, na prisão, a mulher está mais otimista do que nunca em relação à mudança.

Ficha

direção Jorge Andrade, com assistência de Maria Jorge . texto Chris Thorpe . tradução Maria Jorge . leitura por Jorge Andrade . direção técnica João Fonte . direção de produção Pedro Jordão . produção executiva Andreia Bento . produção mala voadora . promotor do evento Centro Internacional de Dramaturgia da Guarda (CID) . residência O Espaço do Tempo . a mala voadora é uma estrutura financiada pelo Governo de Portugal – Ministério da Cultura/Direção-Geral das Artes, associada d'O Espaço do Tempo e conta com o apoio da Fundação "la Caixa" e BPIe, para a atividade no Porto, da Câmara Municipal do Porto / Criatório.

Agenda

2 de Julho . integrada no Workshop com Chris Thorpe . Teatro Municipal da Guarda