Espetáculo privilegiadamente destinado a público infantil, o papel do dinheiro é uma história contada com notas. Uma criança acompanha o tio numa volta ao mundo a fazer negócios. Os pequenos pedaços de papel mostram muitos lugares, hábitos, personagens; e mostram também o que pode correr mal se se perder de vista qual é o papel do dinheiro.

Como explica Miguel Rocha, autor do texto, “esta viajem começa numa nota de 20 escudos, um Santo António verde e muito macio, numa história da infância do narrador em que a nota é literalmente dissecada nos seus constituintes. Partimos à boleia duma caravela de 500 escudos. Chegamos à China, onde vamos conhecer Kublai Khan e a origem do papel voador. Daqui partimos montados num dragão, seguimos num périplo que irá dos desertos gelados aos mares do sul. Visitaremos palácios, florestas, pinguins e, não poderia deixar de ser, a Rainha de Inglaterra. Cada nota oferecendo nos seus detalhes pistas para novas viagens, outras histórias e insólitas descobertas. Com as notas de banco a perder visibilidade a cada dia que passa, que tal fazer algo divertido com elas?”

direção Jorge Andrade texto Miguel Rocha com Bruno Soares Nogueira e Tomás Barroso / Pedro Moldão sonoplastia Sérgio Delgado luz João Fonte direção técnica João Fonte produção Miguel Mendes, Sofia Freitas, Joana Mesquita Alves e Inês Soares Lopes fotografia de cena Enric Vives-Rubio edição de imagem António MV coprodução LU.CA – Teatro Luís de Camões

datas

12 de outubro ‧ Campo Cultural de Campilhas

4 a 13 de novembro ‧ LU.CA – Teatro Luís de Camões (Lisboa)