Português / English

mala voadora

Longo Curso

Longo Curso 2017

1 (22h) + 2 (18h) julho . espetáculo Longo Curso de Rita Morais . mala voadora

LONGO CURSO tem como motor principal a manifestação da identidade pelo movimento. Explora em particular o paralelismo entre a prática da corrida e a emigração, entre o atleta e o viajante, na medida em que em ambos os casos, ainda que em diferentes escalas, o movimento desencadeia um semelhante processo de procura, questionamento e (re)definição da identidade.

Ver mais
Showbusiness

Showbusiness 2017

27 + 28 junho . ensaio aberto + espetáculo Showbusiness . mala voadora

SHOWBUSINESS foi concebido pela companhia de teatro mala voadora para o programa PARTIS – Práticas Artísticas para a Intervenção Social, da Fundação Calouste Gulbenkian. Juntamos dois parceiros sociais – A Escola de Comércio do Porto e a A3S, especializada em empreendedorismo social e avaliação – para construirmos, juntos, um programa artístico que acompanhasse uma turma do ensino profissional, do 10º ao 12º ano.

Ver mais
Rifar o meu coração

Rifar o meu coração 2017

3 (20h) + 4 (18h) junho 2017 . espetáculo Rifar o meu coração de Mónica Calle . mala voadora

Esta criação surge a partir do documentário brasileiro “Vou Rifar Meu Coração”, de Ana Rieper, exibido no Festival IndieLisboa 2012 (secção Pulsar do Mundo). A responsável descreve o espectáculo como “um trabalho sobre o amor e a relação com a música, num constante balanço entre a ficção e a realidade. À volta de uma mesa de bar, 15 actores trabalham sobre a ideia de confissão partindo da casualidade ou do aleatório.

Ver mais
Nome

Nome 2017

27 (22h) + 28 (18h) maio 2017 . espetáculo NOME de Carolina Campos e Márcia Lança . mala voadora

Partimos do universo das imagens antigas, abandonadas em feiras, esquecidas, deixadas para trás. Agarramos nesse fragmento de mundo para o deslocar no tempo, resignificá-lo, dar-lhe um sentido diverso do da sua origem, fazendo-o explodir em diferentes direções e sentidos. 

Ver mais
Légende

Légende 2017

20 (22h) + 21 (18h) maio . espetáculo LÉGENDE de Romain Teule . mala voadora

Légende é um projeto que, usando os códigos da conferência, vai abordar estas questões, tendo como ponto de partida a língua dos pássaros e as questões que o estudo desta língua pode criar. Légende é uma tentativa de entrar no mundo das palavras, de jogar com elas, de as questionar. Quais são os seus poderes, suas falhas ? Uma palavra enquanto acto.

Ver mais
Workshop DasArts Feedback Method

Workshop DasArts Feedback Method 2017

11-13 maio . workshop DasArts Feedback Method com Manolis Tsipos (FESTIVAL DDD - DIAS DA DANÇA) . mala voadora

“Feedback” e uma das ferramentas mais centrais usadas na DasArts. Para os artistas que recebem feedback e uma das formas mais importantes de testar como o seu trabalho e recebido, com partilhas de um para um, bem como em grupo (peer review). Impressoes, perguntas, criticas, sugestoes, dicas e truques: tudo isso esta incluido na nocao de “feedback”. E ‘tudo isso’ e uma das ferramentas mais centrais utilizadas na pratica artistica: entre diretores e atores, dramaturgos e criticos, estudantes e mentores, artistas e seu publico.

Ver mais
A Morte da Audiência

A Morte da Audiência 2017

6 (16h) + 7 (15h) maio . espetáculo A Morte da Audiência de Bruno Humberto (FESTIVAL DDD -  DIAS DA DANÇA) . mala voadora

Uma performance acerca da natureza do espectador – as expectativas, relações, tensões e papéis que cada um assume, individualmente ou em grupo numa situação de espectáculo ou terror cénico. Através da dança, video, teatro-físico, performance e som, apresenta-se um ensaio absurdo acerca do espectador, da sua responsabilidade, acção e passividade em massa. 

 

Ver mais
Point of You

Point of You 2017

29 (16h) + 30 (15h) abril . espetáculo Point of You de Ricardo Machado e Anna Réti (FESTIVAL DDD -  DIAS DA DANÇA) . mala voadora

Point of You é um jogo entre dois performers. Entre dois performers e a sua audiência. Entre dois performers e duas audiências. Entre cada um dos performers e a sua própria audiência. Colisão aleatória ou ataque intencional? Tudo dependerá do lugar que escolher ocupar. 

 

Ver mais
Der Elgnuj

Der Elgnuj 2017

8 (22h) + 9 (18h) abril . espetáculo Der Elgnuj de Carlota Lagido . mala voadora

É um solo, uma experiência prévia de um projecto futuro. O pressuposto de DER ELGNUJ assenta na ideia de transmissão autoral, a sua apropriação e ressignificação. Pedi a participação de Antoine Pimentel, Bruno Senune, Daniela Cruz, Flávio Rodrigues, Guilherme Pompeu, Joana Castro, José Capela, Pedro Melo Alves, Pietro Romani, Shahd Wadi, nos sentido de me transmitirem um minuto de uma ideia, sequência de movimento, imagem em movimento ou cénica, universo sonoro e que serão posteriormente transformadas em algo meu, do meu corpo, com um tempo e características outras, fazendo o todo da composição coreográfica. 

Ver mais
spa

spa 2017

1 (22h) + 2 (18h) abril . espetáculo spa de David Cabecinha . via streaming em https://youtu.be/r_rKESuUEsw

Spa assume o espaço cibernético como um dos principais locais de encontro e partilha do início deste século. O espetáculo tem lugar na blackbox da mala voadora no porto mas será visto exclusivamente por streaming, em directo. Através desta experiência onlineSpa propõe uma relação de pretensa intimidade de um para um, que na verdade pode ser para qualquer pessoa, tornando o palco acessível a partir de qualquer ponto do planeta.

 

 




 

Ver mais
UMA FAMÍLIA INGLESA (MONOPARENTAL) . Triple Threat

UMA FAMÍLIA INGLESA (MONOPARENTAL) . Triple Threat 2017

19 março (19h) . espetáculo Triple Threat de Lucy McCormick . UMA FAMÍLIA INGLESA (MONOPARENTAL) . mala voadora

Espetáculo-sensação no último festival de Edimburgo, Triple Threat, de Lucy McCormick apresenta uma versão trashstep-dubpunk do Novo Testamento: um mistério medieval para o mundo moderno.

 

Ver mais
Rabbits

Rabbits 2017

25 (22h) e 26 (18h) fevereiro . espetáculo Rabbits de Pedro Baptista . mala voadora

“Numa cidade sem nome amaldiçoada por chuva contínua... vivem três coelhos com um terrível mistério.” - foi com esta frase que David Lynch apresentou ao público a sua série Rabbits (2002). Aqui, em 2017 na mala voadora, propõe-se uma recriação da série ao vivo, transpondo-se o universo cinematográfico para o contexto cénico. Não se trata tanto de uma ideia de apropriação ou emulação, mas antes na de recriar um objecto alterando-lhe o dispositivo (criando, assim, um novo objecto com argumento e discurso próprios). 

Ver mais
Minotauro

Minotauro 2017

4 (22h) e 5 (18h) março . espetáculo Minotauro de David Esteves e Jani Zhao . mala voadora

Nenhum de nós queria contar uma história. Só queríamos dizer coisas. Coisas importantes. Coisas importantes para nós, para nós os dois. Coisas que fizessem sentido para os dois. Mas tem de haver uma história, disse ele. Tem sempre de haver uma história, senão são só palavras umas à frente das outras. Iam ser oito cenas mais um prólogo e um epílogo, e pelo meio nós contávamos a nossa história, como nos conhecemos, como chegámos até aqui. Era uma história dos dois.

 

 

 

 

Ver mais
Workshop O Teatro do Espectador

Workshop O Teatro do Espectador 2017

8-9 março . workshop O Teatro do Espectador de Terceira Pessoa . mala voadora

Partindo do espetáculo “The Old Image of Being Loved” tentaremos trabalhar com os participantes algumas premissas do trabalho com novas propostas teatrais. O grande núcleo conceptual deste trabalho reside na ideia de cocriação com espectador.

 

Ver mais
The Old Image of Being Loved

The Old Image of Being Loved 2017

11 (22h) e 12 (18h) março . espetáculo The Old Image of Being Loved de Terceira Pessoa e Óscar Silva . mala voadora

Tenho uma ideia. Esta ideia é uma imagem. Uma imagem onde estou à frente de um desconhecido. Mas não é um desconhecido qualquer. Tenho uma ideia em que eu faço uma obra de arte com o desconhecido que está a ler este texto. Enquanto escrevo este texto penso nesse desconhecido. A minha ideia é criarmos uma obra de arte memorável. É assim a minha ideia de coletivo. Eu, o desconhecido que lê isto e uma obra de arte. Uma imagem. Tenho a ideia de me encontrar com este desconhecido na mala voadora para pensarmos sobre esta ideia: “The old image of being loved”.

 

Ver mais
FAKE!

FAKE! 2017

11 (22h) e 12 (18h) fevereiro . espetáculo FAKE! de Ana Valentim, Mariana Ferreira, Mário Coelho e Pedro Baptista  . mala voadora

Cinco criadores apropriam-se orgulhosamente de composições de terceiros, contribuindo, com profunda consciência, para o ciclo da "originalidade". Apropriam-se e a seguir deturpam e manipulam e chamam-lhe seu. A história de sempre! 

Ver mais
Terrarium

Terrarium 2016

26 (22h) e 27 (18h) novembro . espetáculo Terrarium de André Uerba . mala voadora

Um homem foi colocado num Terrarium para observação das suas acções. Movimenta-se no escuro, aparecendo e desaparecendo. O terreno que habita está coberto de artefactos e as acções que cria possuem um carácter lento, quase de imagem estática. Parece estar habituado a estar naquele lugar, e as acções parecem sair-lhe de dentro dos olhos, como se empurrasse as mãos através dos olhos e segurasse algumas das imagens que contém lá dentro. São a projecção do seu interior para o exterior, como se o seu cérebro fosse uma câmara escura onde as acções/ imagens são reveladas sempre numa luz fosca, aparecendo por um breve momento, para logo desaparecer.

Ver mais
Assentar sobre a Subida das Águas

Assentar sobre a Subida das Águas 2016

22 (22h) e 23 (18h) outubro . espetáculo Assentar sobre a Subida das Águas de Sónia Baptista . mala voadora

Assentar Sobre a Subida das Águas é um Monólogo-Performance em que se explora o conceito de uma visão poética da possibilidade, mais que certa, e eminente, de uma  catástrofe ou acontecimento catastrófico. Em que, ao abordar questões filosóficas, ecológicas e politicas, se esbate a fronteira entre o pessoal e o universal.

 

Ver mais
UMA FAMÍLIA INGLESA 2016 . The Lad Lit Project

UMA FAMÍLIA INGLESA 2016 . The Lad Lit Project 2016

12 outubro (22h) . espectáculo The Lad Lit Project de Third Angel . mala voadora 

Imagina o livro da tua vida. Onde é que os capítulos começam e terminam? Como se chamam? Os amigos de um capítulo aparecerão nos seguintes? Os capítulos durarão anos, semanas ou apenas algumas horas? É um livro feliz? Existem boas gargalhadas nele? Ou é apenas trágico?

Ver mais
UMA FAMÍLIA INGLESA 2016 . Break Yourself

UMA FAMÍLIA INGLESA 2016 . Break Yourself 2016

15 outubro (22h) . espetáculo Break Yourself de Ira Brand . mala voadora

BREAK YOURSELF é um espetáculo sobre o papel da identidade e do género. Protagonizado em male drag, o espetáculo aborda questões como a relação entre poder e desejo, a complexa paisagem do desejo sexual masculino e feminino e o desejo de ser outra pessoa. E é sobre Bruce Springsteen.

Ver mais
UMA FAMÍLIA INGLESA 2016 . Quizoola!

UMA FAMÍLIA INGLESA 2016 . Quizoola! 2016

16 outubro (16h) . espetáculo Quizoola! de Forced Entertainment . mala voadora

“Qual é a capital de Espanha? Porque é que as pessoas têm medo de morrer? O que é uma árvore? O John Wayne era mesmo valente? O teu louro é natural?”

Ver mais
Queer Porto 2 . SU8MARINO

Queer Porto 2 . SU8MARINO 2016

9 outubro (19h) . instalação/performance em work in progress SU8MARINO . mala voadora (Queer Porto 2)

A frase “Deus está morto” de Friedrich Nietzsche, reflete o agora, mergulhado na descrença pela humanidade.

 

Ver mais
Queer Porto 2 . V, ou Finalmente a Casa Amarela

Queer Porto 2 . V, ou Finalmente a Casa Amarela 2016

8 outubro (17h30) . espetáculo V, ou Finalmente a Casa Amarela de Gonçalo C. Ferreiramala voadora  (Queer Porto 2)

Esta peça é uma construção performativa de um lugar a que o meu corpo possa pertencer, através de uma estrutura dramatúrgica semelhante a uma casa. Uma casa cujo centro é o próprio ato de a construir - retrospetivamente e ativamente. 

Ver mais
Queer Porto 2 . Velvet N'Goldmine

Queer Porto 2 . Velvet N'Goldmine 2016

5 outubro (17h30) . espetáculo Velvet N'Goldmine de Flávio Leihan . mala voadora (Queer Porto 2)

VELVET N' GOLDMINE é uma composição coreográfica construída como um solo de uma guitarra, é a trilogia de um corpo andrógino em prol da construção de um universo cada vez mais próximo de um clímax social, uma espécie de pós-apocalipse. Propõe uma nova abordagem sobre a identidade do corpo andrógino. Corpo andrógino universal. 

Ver mais
Dança da Crise ou Talvez Ele Pudesse Pensar Primeiro e Dançar Depois ou Como Fazer Coisas sem Dança ou Oldschool #40

Dança da Crise ou Talvez Ele Pudesse Pensar Primeiro e Dançar Depois ou Como Fazer Coisas sem Dança ou Oldschool #40 2016

29 setembro (22h)  . Dança da Crise ou Talvez Ele Pudesse Pensar Primeiro e Dançar Depois ou Como Fazer Coisas sem Dança ou Oldschool #40 de João dos Santos Martins . mala voadora 

uma CONFERÊNCIA-PERFORMANCE-INSTALAÇÃO de e com JOÃO DOS SANTOS MARTINS a convite de SUSANA POMBA no âmbito da 12ª edição do Circular Festival de Artes Performativas

 

Ver mais
O Declive e a Inclinação

O Declive e a Inclinação 2016

24 (22h) + 25 (18h) setembro . espetáculo O Declive e a Inclinação de Alexandre Pieroni Calado e João Ferro Martins . mala voadora

Duo de voz e percussão para sala com piso inclinado. Repetição sobre o absurdo, encruzilhada da paixão e da revolta. Desferir golpes de vista ao mito implacável, inactual: sisífico o espectáculo começa como acaba, duas vezes. De bom humor, está seco, pó, demasiado e suor.

Ver mais
Practicing Paradigm

Practicing Paradigm 2016

27  julho . filmagens/performance Practicing Paradigm de Dinis Machado . mala voadora
 
PRACTICING PARADIGM é uma versão do meu solo PARADIGM onde revisito a partitura deste trabalho retirando-lhe a cenografia, figurinos e objectos.
 
O solo original, PARADIGM, é um folklore ficcional futurista onde uma serie de danças e rituais acontecem em relação com uma cenografia e um figurino que alteram tanto a estrutura do corpo como do espaço, tornando-se parte estrutural da produção do movimento destas danças. 
 
Ver mais
PAPs de Dança e Teatro - Balleteatro

PAPs de Dança e Teatro - Balleteatro 2016

7 (21h30) e 8 (21h00)  julho . apresentações das PAPs de Dança e Teatro pelos alunos finalistas do Balleteatro . mala voadora 

A prova de aptidão profissional dos alunos do balleteatro constitui-se como um processo dinâmico de experimentação e criação resultante da pesquisa de novas soluções cénicas e perfomáticas, assim como dos conhecimentos teóricos e práticos adquiridos ao longo do seu percurso.

 

 

Ver mais
THE TEMPEST™, amusement park

THE TEMPEST™, amusement park 2016

8 junho (21h) . exercício THE TEMPEST™, amusement park por Rogério Nuno Costa com os alunos do 2º ano do curso de Teatro da Universidade do Minho . mala voadora 

Transformar um clássico da literatura dramática numa experiência lúdica é quase a mesma coisa que filmar uma tempestade num copo d’água (de plástico, preferencialmente) e depois ampliar o resultado na tela do cinema. Este filme — que é de época porque acontece no futuro condicional — apresenta assim um problema de escala na forma de parque temático: todos os espetáculos são sempre sobre qualquer coisa, logo, não existe qualquer diferença epistemológica entre Arte e Entretenimento: indie e pop, juntos, perfazem agora um género só. 

 

Ver mais
Kid as King

Kid as King

29 (18h30) e 30 (!5h) abril . espetáculo Kid As King  de Bruno Senune . mala voadora (Festival DDD - Dias da Dança)

No meu primeiro trabalho coreográfico, usei o conceito de "trash" como ferramenta recorrente de exploração para a criação de uma paisagem caótica de resíduos pessoais. A urgência em explorar o "trash", ou lixo, como lugar de memória, prende-se com a relação que estabeleço com a mesma: através de objetos concretos, muitos deles que, com o tempo, se transformam em lixo. 

Ver mais
Op. 20, Acto I

Op. 20, Acto I 2016

6 (18h30) e 7 (15h) maio . espetáculo Op. 20, Acto I de Gonçalo C. Ferreira . mala voadora (Festival DDD - Dias da Dança)

No palco um lago holográfico e fumo. Surge ao longe uma revolta sonora, e com ela uma figura estranha em contraluz. Progressivamente percebemos que essa figura se transforma num fauno que habita este espaço ainda confuso e que nos esclarece o início da história. 


 

Ver mais
Prado de Fundo

Prado de Fundo 2016

9 (22h) + 10 (18h) abril . espetáculo Prado de Fundo de SillySeason . mala voadora


"Prado de Fundo" pretende questionar a infalibilidade da memória e da documentação no ato teatral. É a revelação dos cantos da fotografia que ficam escondidos pela moldura. Será algo menos real porque não o vemos?

Ver mais
50 Toneladas

50 Toneladas 2016

2 (22h) e 3 (18h) abril . espetáculo 50 Toneladas de Carlota Lagido . mala voadora

A cor preto tem 50 tons reconhecíveis. Comporta uma série de apropriações simbólicas que se foram transformando e tomando diferentes significados ao longo dos tempos. É uma cor de adjetivações antagónicas. É a cor do vácuo. É também a cor do princípio de tudo.

Ver mais
Ensaio para uma cartografia (ou os sete pecados)

Ensaio para uma cartografia (ou os sete pecados) 2016

19 (22h) + 20 (18h) março . espetáculo Ensaio para uma cartografia (ou os sete pecados) de Mónica Calle . mala voadora

Sete espetáculos diferentes em sete regiões, que pretendem questionar as possibilidades de pensar um país através da criação artística e criar desta forma uma cartografia alternativa.

 

Ver mais
Santos e Pecadores

Santos e Pecadores 2016

12 (22h) + 13 (18h) . espetáculo Santos e Pecadores de André Murraças . mala voadora 

Em "Santos e Pecadores", o autor cruza dois universos: o dos santos e o dos atores pornográficos. Que vidas têm para além do altar e do cinema aqueles que a isso se dedicaram de corpo e alma?

 

Ver mais
Alla Prima

Alla Prima 2016

5 (22h) + 6 (18h) março . espetáculo Alla Prima de Tiago Cadete . mala voadora 

O corpo humano, essa espécie de unidade fundamental da produção de imagens no Ocidente, é tanto o enfoque de sua pesquisa enquanto colecionador de imagens, como o instrumento através do qual o próprio corpo do intérprete se colocará perante o público. O seu olhar diz respeito à construção e invenção do Brasil – quais seriam os movimentos e vozes do grande número de imagens que em mais de cinco séculos foram capazes de criar certas ideias sobre o que seria o Brasil, os brasileiros e a brasilidade?

 

Ver mais
Plataforma Colon of Duty

Plataforma Colon of Duty 2016

30 (16:30) janeiro . plataforma artística Colon of Duty dos Rabbit Hole . malavoadora.porto

"Sexta-feira, dia 30 do dito mês de Janeiro do ano da Graça de 2016, às 16 horas mais ou menos, houvemos vista a ilha dos Trópicos de Cancro, segundo o dito de Nicolon Kidman, a pilota."

Ver mais
Waltz

Waltz 2016

9 (22h) + 10 (18h) janeiro . espetáculo Waltz da Voadora Compañía . malavoadora.porto

WALTZ é uma história que fala de amor e desamor, de paixões e ruturas, de vidas partilhadas e da recordação de amores perdidos.

Ver mais
Macha

Macha 2015

16 + 17 dezembro (22h) . espetáculo Macha de Mariana Tengner Barros / Ballet Contemporâneo do Norte . malavoadora.porto

À imoralidade desse gesto contemporâneo de refazer a História, re-começando (“de novo”) ou despertando (“outra vez”), MACHA confrontará o natural observável com o saber oculto, criando um espaço de tensão onde a Dança™, em vez de disciplina, será culto, magia e sublimação.

Ver mais
Cápsula

Cápsula 2015

12 (22h) + 13 (18h) dezembro . espetáculo Cápsula de Rabbit Hole . malavoadora.porto

Ainda falta muito? Estamos quase? Quanto tempo falta para acabar? Em Cápsula, exploram-se as múltiplas facetas do que acaba. O fim inesperado. O fim que se anseia. O fim que não tarda em chegar, o fim que não é final e aquele que nunca mais vem. 

 

Ver mais
Uma Família Inglesa

Uma Família Inglesa 2015

27 e 28 novembro . programa Uma Família Inglesa da mala voadora . malavoadora.porto

Nos seus 12 anos de atividade, a mala voadora teve várias cocriações com artistas britânicos. Os Third Angel e Chris Thorpe ocupam um lugar tão especial que constituem mesmo uma família inglesa. Chegou o momento de os programar na mala voadora.porto. 

Ver mais
Eurodance

Eurodance 2015

24 (22h) + 25 (18h) outubro . espetáculo Eurodance de Rogério Nuno Costa / BCN . mala voadora.porto

EURODANCE é uma hecatombe geopolítica e tecno-emocional, um counting down a 190 beats- per-minute em direcção ao Fim do Mundo, uma bad trip a bordo de um rave’ião Hamburgo/Ibiza com escala elíptica no Pará e aterragem de emergência para combustível em Luanda, uma droga psicotrópica também conhecida por AzeitegeistTM. 

Ver mais
Viúva, porém Honesta

Viúva, porém Honesta 2015

16 + 17 (22h) + 18 (18h) outubro . espetáculo Viúva, porém Honesta dos Magiluth . mala voadora.porto

Diretor de um jornal influente não consegue convencer sua filha única a deixar de velar seu marido, que morreu atropelado por uma carrocinha de picolé. O pai contrata uma ex-prostituta, um psicanalista e um otorrinolaringologista — todos charlatões — para dissuadir a filha do luto e querer se casar novamente. Como nenhum dos contratados achou uma solução para o caso, o jeito foi ressuscitar o morto para que ela, de apenas 15 anos, deixasse de ser viúva.

 

Ver mais
in the fall the fox, e na queda raposar

in the fall the fox, e na queda raposar 2015

1 outubro (21:30) . performance in the fall the fox, e na queda raposar de Sónia Baptista . Circular Festival . mala voadora.porto

in the fall the fox, e na queda raposar é uma Performance em que a dimensão política e emocional da representação da identidade de uma pessoa, mulher, bicho, é revelada, analisada, procurada através de uma narrativa dramatúrgica pessoal, ou de uma nota biográfica que cristalizou um momento autobiográfico no tempo e o reconta, vulnerável. 

Ver mais
Impostor

Impostor 2015

24 e 25 setembro às 22h e 27 setembro às 18h . espectáculo Impostor do Projecto Ruínas . mala voadora.porto

No local de trabalho, três colaboradores disputam os pequenos poderes, subindo e descendo a escadinhas da hierarquia. Revelam-se entre os relatórios, os memorandos e o armário do economato, onde guardam as angústias das suas almas. 

Ver mais
L-O-V-E

L-O-V-E 2015

25 (21h30) + 26 (17h) julho . espetáculo  L-O-V-E de Paula Diogo . mala voadora.porto

É um retrato – se assim quisermos entender – o que aqui se propõe; mas este retrato não é psicológico; é estrutural: permite conhecer uma situação da palavra: a situação de alguém que fala por isso, apaixonadamente, diante do outro (o objecto amado), que não fala. Roland Barthes, in Fragmentos de um Discurso Amoroso

Ver mais
Wanted

Wanted 2015

29-31 maio . espetáculo Wanted de Cátia Pinheiro e José Nunes . mala voadora.porto

Fazer uma sinopse é sempre terrível. Sobretudo para quem não gosta de criar condicionalismos e expectactivas na cabeça do espectador e pede a este que se esforce um bocadinho para contribuir – pensando, interpretando e construindo sentido, em conjunto com quem está no palco. Escrever uma sinopse é sempre um acto de comprometimento, uma criação de expectactiva, uma espécie de acordo tácito intelectualizado entre criadores e público, numa ligação entre aquilo que o público vai ver e aquilo que ele espera ver.

Ver mais
arte no/e o espaço público

arte no/e o espaço público 2015

07 maio (21h30) . performance arte no/e o espaço público de Carla Cruz no âmbito do Festival Performance Urbana . mala voadora.porto

Carla Cruz apresenta  a sua prática artística com foco numa série de gestos artísticos para/sobre o espaço público, reflectindo assim o aspecto político e estético dos seus projetos, mas também a dilatação do entendimento de público e o estreitamento do papel do participante –  enquanto público da arte e cidadão. 

Ver mais
Terceira Via

Terceira Via 2015

28-29 março . performance Terceira Via de Rogério Nuno Costa . mala voadora.porto

TERCEIRA VIA™/KOLMAS TIE™ 

The art of bowing to the East without mooning the West Or about Third Way™ Ethics & Aesth(Ethics)

Uma conferência de imprensa pós-apocalíptica deRiku Nuutti Koistinen [aka Rogério Nuno Costa]

Ver mais
Ch-ch-changes

Ch-ch-changes 2015

18-22 março . espetáculo Ch-ch-changes  de Pedro Penim com alunos do Curso de Teatro do Balleteatro . mala voadora.porto

Este exercício procura apresentar-se numa forma instável de renovação constante. Feliz Ano Novo! E recomeça. A grande interrogação proposta é se poderá haver uma presunção de que há qualquer coisa para ensinar, para transmitir, no que à arte diz respeito. A decisão de, pelo menos, tentar manter as incoerências próprias de um diálogo deste género feito em conjunto é a única justificação para o título do espetáculo, mesmo que estas incoerências se percam depois de cada um dizer o que pensa. 

Ver mais
Trojan Horse

Trojan Horse 2015

27-28 fevereiro . espetáculo Trojan Horse de André Mendes . mala voadora.porto

Da lenda do Cavalo de Tróia da antiguidade clássica ao virtual Trojan Horse contemporâneo, o tema da violação assume diversas tonalidades no feminino. Se o ventre oco do cavalo de madeira carregava o exército grego que no resgate de Helena, esposa de Menelau, destruiria a cidade de Tróia a partir do seu próprio centro nevrálgico

 

Ver mais
A Boa Alma

A Boa Alma 2014

4-8 fevereiro . espetáculo A Boa Alma de Mónica Calle . mala voadora.porto 

“Aqui ninguém sabe quem sou. Ninguém sabe quem fui, quem tive de ser. Uma cidade grande tem isso de bom: mudamo-nos de um lado para o outro e já ninguém nos conhece, podemos começar tudo de novo. Não podia continuar na rua da estação dos caminhos de ferro, nas ruas à volta da estação. E era fácil ir embora, tudo o que tenho cabe na pequena mala de viagem.” Luís Mário Lopes, in A Boa Alma

Ver mais
Romance

Romance 2015

15-17 janeiro . espectáculo Romance por Máquina Agradável . mala voadora.porto 

Lígia Soares irá experimentar a solo uma nova fórmula de criação teatral: o discurso desta vez não estará previamente gravado para sustentar a ausência de acção e a ficção não estará mais apontada para uma mulher de vestido sentada numa cadeira mas sim projectada numa mulher vestida de “chroma key” que mais uma vez se oferece-se ao público como um intermediário entre a realidade e o seu “efeito especial”

Ver mais
Ex Machina

Ex Machina 2014

19-20 dezembro . espetáculo Ex Machina de Catarina Vieira e Solange Freitas . mala voadora.porto

Ex Machina pretende ser uma pesquisa à volta do conceito de deus ex machina. Pretendemos investigar as diferentes aparições e representações da figura do deus ex machina, na literatura, no teatro, no cinema

Ver mais
O Amor dos Infelizes

O Amor dos Infelizes 2014

10-14 dezembro . espetáculo O Amor dos Infelizes do Teatro Bruto . mala voadora.porto 

Esta é a história de uma mulher anã que vivia à sombra da piedade dos habitantes de um pequeno povo do interior. A anã, que apenas media uns oitenta centímetros, desengonçada e atrapalhada no andar, sempre a gemer de dores, era para as outras mulheres como um ser rasteiro, como uma criança que nunca cresce. Sem que fosse gente, dizia-se.

Ver mais
Display

Display 2014

 21-22 + 28-29 novembro . projeto Display  de António MV e Cátia Pinheiro . mala voadora.porto 

DISPLAY tem como mote a superlativação do ego do artista. Como referia Marcel Duchamp “A palavra “artista” foi inventada quando o pintor se transformou num personagem.”

Ver mais
A notícia da minha morte foi um exagero

A notícia da minha morte foi um exagero 2014

28-29 novembro . espetáculo A notícia da minha morte foi um exagero  de Susana Otero/BCN . mala voadora.porto

A frase, justamente adoptada como título deste primeiro trabalho de longa duração de Susana Otero, foi proferida por Mark Twain quando entrevistado após ter sido largamente noticiada a sua morte…

Ver mais
Sangue na Guelra

Sangue na Guelra 2014

07-08 novembro . espetáculo Sangue na Guelra da Amarelo Silvestre . mala voadora.porto

Os muros da separação não chegam ao céu. Foi a partir desta inscrição numa igreja francesa que o texto do espectáculo nasceu. Então, construiu-se um muro imaginado, depois criou-se uma mulher e um homem que fossem nós, um lugar que fosse muitos, um tempo que fosse todos, uma guerra que fosse qualquer uma (com ou sem balas).

Ver mais
Ro.ger

Ro.ger 2014

24-25 outubro . espetáculo Ro.ger de Carlota Lagido . mala voadora.porto

Supostamente Ro.ger não é um espectáculo, poderia antes ser uma coisa, uma coisa sem nome, sem definição, sem espaço, sem suporte, sem corpo mas não é, tem tudo isso., é tudo isso. 

 

 

 

Ver mais
As Filhas do Diabo

As Filhas do Diabo 2014

17 + 18 outubro . espetáculo  As Filhas do Diabo de Raul Constante Pereira. Festival FIMP .  mala voadora.porto  

O senhor Diabo também é pai, e as suas filhas são espantosamente formosas e inteligentes, porque estão no meio de dois mundos, de duas realidades, e podem viajar de uma a outra quando quiserem.

Ver mais
Comunidade

Comunidade 2014

02 outubro . espectáculo Comunidade por Maria Duarte, Gonçalo Ferreira de Almeida e João Rodrigues no âmbito do Festival Circular . mala voadora.porto

"É um bicho poderoso, este, uma massa animal tentacular e voraz, adormecida agora, lançando em redor as suas pernas e braços, como um polvo, digo: um polvo excêntrico, sem cabeça central, sem ordenação certa (natural); um grande corpo disforme, respirando por várias bocas, repousando (abandonado) e dormindo, suspirando, gemendo. 

Ver mais
A Farsa

A Farsa 2014

27-29 junho + 10-14, 17-21 setembro . espetáculo A Farsa pel'As Boas Raparigas . mala voadora.porto

A Farsa dá a voz à personagem Candidinha, um ser marginalizado pela sociedade em quem, sob a farsa da submissão, se condensa um discurso de ódio, de inveja e de maldade. Uma obra que se aproxima de caracteres da escrita poética e filosófica, que coloca em causa os modos de representação do real para se afirmar como uma meditação sobre a metafísica da dor e sobre o absurdo da condição humana, dentro da qual as coordenadas de tempo, espaço, intriga ou personagens servem de cenário universal e abstracto para o drama secular da luta do homem entre o sonho e a desgraça.

Ver mais
Infinito Besos

Infinito Besos 2014

31 julho-1 agosto . espectáculo Infinito Besos de Tania Árias . Citemor . . mala voadora.porto 

Como tirar partido de uma bailarina?

Partindo do que resta de bailarina em mim, lanço um convite a várias pessoas para que ressuscitem, incinerem ou semeiem utilizando o meu corpo.

Ver mais
End of Transmission

End of Transmission 2014

7-8 junho . espetáculo End of Transmission de Mariana Tengner Barros/BCN . malavoadora.porto

Em 2014, Mariana Tengner Barros irá desenvolver uma parte da trilogia “Banality Show” em colaboração com o Ballet Contemporâneo do Norte. End of Transmission será uma peça de dança para 4 intérpretes, que irá de encontro aos conceitos de solidão, isolamento, alienação e delírio associados ao vazio que se vai instalando quando se pensa na passagem do corpo privado para o corpo público.

Ver mais
Indicação para se perder

Indicação para se perder 2014

11-13 abril . espectáculo Indicação para se perder de Constança Carvalho-Homem e Teresa Coutinho . mala voadora.porto

Poucos terão sabido dilatar este intervalo de modo tão contínuo e obstinado como Marguerite Duras. Criadora de um extenso universo ficcional que percorre o romance, o teatro, a escrita para cinema e a realização, numa prática de diluição dos géneros e de reconfiguração quase permanente de motivos e personagens que lhe eram caros, Duras fez emergir uma voz tão discernível quanto sua - essa espécie de narração-fala, texto-dicção.

Ver mais
O Tesouro

O Tesouro 2012

20 julho . performance O Tesouro de Susana Mendes Silva . mala voadora.porto

A performance "o tesouro" revisita o envolvimento de René Huyghe (1906-97), conservador de pintura do Louvre, na evacuação das obras do museu durante a segunda guerra mundial.

Ver mais