Português / English

mala voadora

WEB 2.0 A obra de arte e imagem consumo na era digital

Exposição de António MV, pintura e escultura (exacto!) ao mais tradicional e conservador modelo que o analógico já nos serviu.

Uma obra de arte raramente acontece sem referências. Do mesmo modo uma imagem [de uma obra de arte] facilmente as perde quando atirada ao fosso infinito de dados/imagens de que é janela o browser. A renúncia forcada de estrutura de sentido a que estas se sujeitam pela velocidade do scroll, é comparável a uma cirurgia sem patologia. O córtex precisa de contexto.

Por isso: uma pintura é uma pintura, uma escultura é uma escultura, uma imagem é uma imagem. 

Vernissage

Chef Ro