Português / English

mala voadora

Viúva, porém Honesta

 

Diretor de um jornal influente não consegue convencer sua filha única a deixar de velar seu marido, que morreu atropelado por uma carrocinha de picolé. O pai contrata uma ex-prostituta, um psicanalista e um otorrinolaringologista — todos charlatões — para dissuadir a filha do luto e querer se casar novamente. Como nenhum dos contratados achou uma solução para o caso, o jeito foi ressuscitar o morto para que ela, de apenas 15 anos, deixasse de ser viúva.

Viúva, porém Honesta é o sexto trabalho do Grupo Magiluth, coletivo teatral que desenvolve pesquisa continuada de linguagem desde 2004 em Recife. Apontado pela crítica especializada como um dos principais jovens grupos do país, o Magiluth investe na obra do dramaturgo pernambucano Nelson Rodrigues para homenageá-lo no ano de seu centenário.

Viúva, porém honesta é uma peça teatral de Nelson Rodrigues que foi encenada pela primeira vez em 13 de setembro de 1957. A peça adere ao espírito “faz de conta” da farsa, não possuindo grandes preocupações com o realismo, e com seus personagens chegando a fazer alguns comentários técnicos, lembrando sempre ao espectador que o que ele está vendo é apenas uma “mentira”. O autor propõe, assim, uma nova maneira de se brincar com o tempo numa peça cheia de voltas ao passado e reviravoltas.

 

Ficha Técnica

 texto Nelson Rodrigues . direção Pedro Vilela . elenco Erivaldo Oliveira, Giordano Castro, Lucas Torres, Mário Sergio Cabral, Pedro Wagner . direção de arte Simone Mina . assistência de direção de arte Karina Sato . iluminação e sonoplastia Pedro Vilela . técnico Thiago Liberdade . design gráfico Thiago Liberdade . design gráfico do cartaz Guilherme Luigi . produção executiva Mariana Rusu . realização Grupo Magiluth

 

Agenda

16 e 17 outubro às 22h e 18 outubro às 18h . mala voadora.porto . espectáculo Viúva, porém Honesta dos Magiluth

preço único: 5 euros

reservas@malavoadora.pt