Português / English

mala voadora

Um Triste Ensaio Sobre a Beleza

 

This is my reality. I am always observing. I am always observing me observing the others. I am alone. Out. I’m unprotected.

I become the horizon. Actually, your unconscious horizon. I am everywhere.

Finally I’m not here.

A primeira fase de pesquisa, apresentada na Mostra DesNorte 2014, focou-se na condição trágica inerente ao absoluto e ao belo que é quase sempre efémero. Foi inevitável a hétero e auto-observação de processos individuais de marasmo, melancolia ou desaparecimento que motivou a continuação da criação.Numa segunda fase (partilhada no GuiDance 2015), estive algures dentro de algo tão triste ou até trágico que surgiu uma proporção incrível de beleza. Pretendi um lugar onde nunca estive. Procuro uma matéria diferente de qualquer uma das que já experimentei. Receio ter a solução para esta viagem. O que me sossega é o meu vício pela expectativa.Continuarei os estudos até Outubro de 2015, onde será partilhada, nos Palcos Instáveis, uma terceira fase deste solo, depois de desenvolvidos outros pontos de interesse desta obra.Tudo começou quando me disseram: “Tens um ar triste.”

 

Ficha Técnica

direção, texto, coreografia, interpretação, cenografia e figurinos Mara Andrade . assistência de direção Marco da Silva Ferreira . fotografia Marco da Silva Ferreira . desenho de luz Wilma Moutinho . sonoplastia Sérgio Martins e Rui Lima . produção executiva Pensamento Avulso, Associação de Artes Performativas . co-produção Teatro Municipal do Porto . apoios Companhia Instável  . apoio em residência  O Espaço do Tempo, mala voadora.porto, Companhia Instável e Teatro Campo Alegre  . agradecimentos Pietro Romani

Agenda

11 a 18 setembro mala voadora.porto . residência artística Um Triste Ensaio Sobre a Beleza de Mara Andrade

4 outubro 2015 . Teatro Campo Alegre . performance Um Triste Ensaio Sobre a Beleza de Mara Andrade