Português / English

mala voadora

L-O-V-E

É um retrato – se assim quisermos entender – o que aqui se propõe; mas este retrato não é psicológico; é estrutural: permite conhecer uma situação da palavra: a situação de alguém que fala por isso, apaixonadamente, diante do outro (o objecto amado), que não fala. Roland Barthes, in Fragmentos de um Discurso Amoroso
Roland Barthes isola, em Fragmentos de um Discurso Amoroso, oitenta figuras – oitenta cenas de linguagem que integram o discurso amoroso. Não se trata de palavras isoladas, mas rajadas abruptas de linguagem que assaltam o apaixonado. É o discurso amoroso em acção ou, nas palavras de Barthes, “é o apaixonado no trabalho”.
L-O-V-E parte deste mapa - labirinto para arriscar uma configuração do discurso amoroso. Ou várias possíveis configurações que sucessivamente se destroem umas às outras. Tentativas e erros até à eventual destruição do discurso ou à latência no corpo. Ou ao silêncio. Como na história dos amores.

Ficha Técnica

projecto Paula Diogo . co-criação Alfredo Martins . interpretação Paula Diogo . espaço cénico  F. Ribeiro . desenho de luz Daniel Worm . música Gui Garrido . apoio à dramaturgia Linda Dalisi . produção Má-criação

apoio financeiro Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito do Programa Gulbenkian de Língua e Cultura Portuguesas – Concurso de apoio à criação . parceiros ZDB, O Espaço do Tempo e Alkantara 

Agenda

Preço único : 5 euros

Reservas e informações: reservas.malavoadora@gmail.com