Português / English

mala voadora

desempacotando a minha biblioteca

O espectáculo resultou de uma encomenda do Fórum “O Estado do Mundo”, inserido nas comemorações dos 50 anos da F. C. Gulbenkian. Partindo do ensaio homónimo de Walter Benjamin, interpretado como monólogo, o espectáculo desenvolve-se depois como viagem por livros de espécies diferentes, organizada em 5 ciclos: navio (intriga burguesa); drama (sobre o amor); as 1001 garrafas (sobre a própria teatralidade); líquenes (textos descritivos); e, por fim, melancolia (a apresentação de uma natureza morta). Cada um destes ciclos corresponde à tentativa de instalação de uma dramaturgia e, repetidamente, ao fracasso dessa tentativa.

Ficha Técnica

direcção Jorge Andrade . textos Walter Benjamin (tradução de João Barrento) e Miguel Rocha (a partir de textos de vários autores) . com Anabela Almeida, Catarina Requeijo, Cláudia Gaiolas, Fernanda Lapa, Fernando Santos, Rita Seguro, Simão Cayatte, Tónan Quito e Medeia . cenografia, figurinos e cartaz José Capela . luz João d’Almeida . vídeo António Gonçalves . selecção musical Isabel Novais . sonoplastia Sérgio Delgado . produção Eva Nunes . co-produção Fundação Calouste Gulbenkian (O Estado do Mundo) e Galeria Zé dos Bois . financiado por Ministério da Cultura – Instituto das Artes